quarta-feira, 18 de outubro de 2017

A.P.E. comemora dez anos e promove o 100º Sarau Solidário em homenagem ao Centenário de Prudente !

  O "Café Poético"já se tornou tradição, sempre no 2º Sábado de cada mês no Centro Cultural Matarazzo. No 3º Sábado, a atração é outra: o "Sarau Solidário". às 19h30.

Um encontro poético que se desenvolve todos os meses no Centro
Cultural Matarazzo é promovido pela Secretaria  Municipal de Cultura.
Abaixo: CLAPE 1 -  produção da Associação Prudentina de Escritores.
Aqui, todos são bem vindos.
Encontros no 2º Sábado do mês.
Poetas e escritores - em número superior a 30 -  fazem parte do elenco da Associação Prudentina de Escritores.
Todos eles demonstraram euforia e grande contentamento ao receber os primeiros exemplares desta publicação.
Foram dez anos de espera. Mas o principal  objetivo foi alcançado no
CLAPE 1,com 192 páginas contendo Poesia e Literatura.  Com vistas a 2018
já começam os preparativos para a produção de um nova série - CLAPE 2  
Prof.Carlos Freixo - Pres. da A.P.E.
e Dr.Chiquinho no Salão do Livro.
Tendo como local o Recinto de Exposições, foi promovido no dia 8 de Setembro como parte da programação alusiva ao  Centenário de Presidente Prudente, o Café Poético. A programação continuou por todo o mês e também em Outubro.
Novo troféu evidencia a figura de um pioneiro: Professor, Advogado, Jornalista e Historiador: BENJAMIN RESENDE, que criou "Raízes Prudentinas"e é o Patrono do mais novo Troféu destinado a homenagear os Melhores do Ano.

O 100º Sarau Solidário aconteceu em 16/Setº em noite memorável no Centro Cultural Matarazzo.
Este é o Troféu que premiou dezenas de personalidades dedicadas às 
Artes, Cultura e desenvolvimento: marco inesquecível para quem recebe. 
Uma justa homenagem ao Patrono e Historiador que orgulha a região.


  Depois do 100º Sarau Solidário envolvido nas comemorações da cidade centenária de Pres.Prudente, o 101º Sarau foi realizado simultaneamente com o 8º Salão do Livro, no IBC - Centro de Eventos - no dia 7 de Outubro de 2017.

Todo Sarau tem Literatura, Poesia e Música. Mais uma vez, a Associação Prudentina de Escritores - A.P.E. - promoveu um belo Recital, onde os participantes foram inúmeros, incluindo Cida Ajala, José Júlio Samogim e outros.

----------------------------------------------------

Há mais de dez anos, o Professor Carlos Francisco Freixo  alimentava  um  sonho de criar uma Instituição dedicada  a  incrementar suas pretensões de Poeta  e  Escritor.   Os primeiros contatos  foram  diretamente  com as pessoas  mais íntimas. Daí resultou a   formação de um grupo que alimentou o mesmo sonho por aproximadamente três anos. E por uma questão de organização, os encontros eram realizados em  locais  diferentes da  cidade, a  começar  pelos botecos, restaurantes, churrascarias, lanchonetes,  etc. Onde houvesse espaço e aceitação, lá estava o  grupo reunido e com isso, veio a ideia: fundar a Associação Prudentina de Escritores/APE, que está comemorando seus dez anos de existência. Nestes últimos dois meses, a Associação promoveu uma série de eventos em  locais diferentes, prevalecendo  como ponto preferencial o Centro  Cultural  Matarazzo, onde são realizados o "Café Poético"com apoio da Secretaria Municipal de Cultura (no 2º Sábado às 9h30) e o "Sarau Solidário",  (no 3º Sábado às 19h30), todos os meses. Destaque para o 100º Sarau Solidário em homenagem ao Centenário de Presidente Prudente, com entrega do 8º Troféu "Benjamin Resende", uma justa homenagem ao Professor, Advogado, Jornalista e Escritor. O 101º Sarau Solidário realizou-se durante a promoção do 8º Salão do Livro. 

A Associação Prudentina de Escritores reúne atualmente cerca de 40 associados. Para ingresso não existe restrição. Basta apenas algum trabalho de Literatura ou Poesia que tenha merecido publicação ou postagem. Também não existe área demarcada como domicílio. O importante é que o interessado resida em qualquer localidade da região. Além de ter acesso todos os meses ao "Café Poético" no Centro Cultural Matarazzo, o associado participa de todas as atividades desenvolvidas pela A.P.E., juntamente com familiares e convidados. Para inscrição existe uma taxa simbólica e durante a realização do "Sarau Solidário", a única exigência é a participação na campanha em prol de entidades filantrópicas, com a doação de 1 kg de alimento não perecível. O Patrono- Prof.Benjamin - na sua modéstia disse: "Eu achava que não merecia ter meu nome nesta premiação e eu vi que esse título não era apenas uma homenagem. Mas também uma forma de mostrar a quantidade de artistas que temos. Sinto-me muito feliz por carregar esse prêmio" - finalizou profundamente emocionado.

Enquanto se desenvolve a programação rotineira de Outubro/2017 - após o Café Poético realizado na Biblioteca do Centro Cultural Matarazzo -  no dia 14, as atenções se voltam para o 102º Sarau Solidário  a ser realizado dia 21 sob o tema: "A criança outra vez" e na semana seguinte, mais propriamente no dia 28/Outº participação de um tradicional Sarau, promovido mensalmente pela comunidade de Bastos. "Nós, da A.P.E. somos convidados especiais!" - disse o Presidente Carlos Francisco Freixo. É importante frisar que "neste olhar que temos sobre nossos artistas, encontramos por toda a região pessoas inspiradoras. E não poderíamos deixar de agradecer por tanta inspiração e transpiração por mais uma vez, vibrarmos juntos, neste momento especial" - conclui o Professor Freixo.   

NOTÍCIA EM TEMPO REAL -  Para se atualizar,acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia


domingo, 8 de outubro de 2017

Ação do MPF:"Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado" !

AQUÍFERO GUARANI: Uma reserva ameaçada de destruição pela ação
nefasta do homem. É o maior manancial de água doce subterrânea do mundo.
O Aquífero e sua importância. 



Este foi um evento da mais alta importância, realizado em Presidente Prudente e prestigiado pelas mais destacadas
personalidades ligadas à vida política, econômica, social e ambiental. E o Aquífero Guarani, continua sob ameaça. 
O Embargo Judicial chegou em boa hora e pode impedir sério risco de danos
ambientais, envolvendo diversos municípios da região de Pres.Prudente.
 
No mapa do Brasil: Nosso Potencial.

 Para exploração do Gás de Xisto estavam previstos 16 blocos na Bacia Hidrográfica do Rio Paraná,sendo: 11 blocos na margem paulista e 5 do lado paranaense. 


O Encontro realizado no Centro Cultural Matarazzo revelou importantes ações desenvolvidas pelo Ministério Público Federal em defesa do meio ambiente.


Dr. Ricardo Hirata, Professor Titular do Instituto de Geociências, CEPAS,
Unesp e Universidade de Waterloo/Canadá, teve destacada participação.
 


 A estrutura ecológica de água armazenada no Aquífero Guaraní é de 40 trilhões de m3 que se estende pelo sub-solo de MT,MS,GO,MG,SP,PR,RS e SC. Agência Nacional de Água/ANA,DAEE e IBAMA se mostraram ausentes dessa questão, julgada pela Justiça Federal em Prudente. 



Dr.Luis Roberto Gomes anuncia as providências tomadas pelo MPF.








     Nossos dirigentes demonstram preocupação com o futuro do meio ambiente.    As prospecções em busca do Gás de Xisto (gás de folhelho), representam a maior  preocupação e por isso, o MPF acionou a Justiça, com sentença favorável.  

                                                   -----------------------------------------
Uma Ação Civil Pública que tramitava pela 5ª.Vara da Justiça Federal (Subseção Judiciária 1  em Presidente Prudente), teve parecer favorável ao que foi proposto pelo Ministério Público Federal de impedimento das atividades decorrentes da 12ª Rodada de Licitações da Agência Nacional de Petróleo-ANP. O plano visava a exploração do gás de Xisto (gás de folhelho) também denominado "gás não convencional". Com essa deliberação, os testes de perfuração, pesquisa e exploração desenvolvidos pela PETROBRAS, PETRA e BAYAR na Bacia Hidrográfica do Rio Paraná, agora estão suspensos. Entretanto, diversas localidades da margem matogrossense estão alardeando vantagens que lhes foram anunciadas por empresas dedicadas à exploração do gás, como se fossem suas maiores conquistas. O assunto ganha especulação. De um lado, a margem paulista protegida por uma Ação Civil Pública do MPF já reconhecida pela Justiça Federal, contra a exploração; e do outro lado, a falta de esclarecimentos sobre os riscos oferecidos por essa prospecção desconhecida que pode afetar totalmente o sistema do Aquífero Guarani. A recomendação é que se abstenham de realizar qualquer atividade específica de exploração de Gás de Xisto. "Nosso papel é evitar o comprometimento das reservas subterrâneas de água, como o Aquífero Guarani" - disse o prefeito Nelson R.Bugalho na abertura do encontro. 

Pelos motivos acima citados, realizou-se em Presidente Prudente no dia 4 de Outubro o I Seminário "Cuidando das águas do Pontal do Paranapanema", estando presentes representações do Estado e do município, incluindo a CBH-PP, diversas Universidades, Ministério Público Federal e Estadual. O Secretário Executivo do CBH-PP, Sandro Roberto Selmo foi acompanhado pela Coordenadora Nacional da Coalizão Não Fracking Brasil, pelo Clima, Alma e Vida, Nicole Figueiredo de Oliveira. Ela é Consultora Global Cities, da ONU. Também participando: Galileu Marinho das Chagas, da UEL (Especialista em Direito Ambiental pela PUC/PR); o Prefeito Nelson Roberto Bugalho; o Procurador da República, Dr.Luis Roberto Gomes; Ricardo Hirata, do Instituto de Geociências, Pesquisa de Águas Subterrâneas e Geólogo da Unesp. Hirata tem Doutorado e Mestrado na USP e Pós-Doutoramento na Universidade de Waterloo/Canadá. Juntamente com ele, os Profs.Drs.Antonio César Leal e Encarnita Salas Martin, ambos da FCT/Unesp - e o Prefeito de Teodoro Sampaio, Ailton César Herling.

Com relação à Ação Civil Pública, consta da sentença pronunciada em favor do Ministério Público Federal: "Na Audiência Pública: sobre a viabilidade da exploração não houve participação de órgãos federais, estaduais, ambientais e indígenas, diretamente afetados. O MPF se concentra muito no risco de contaminação de águas subterrâneas por atividade de exploração de gás natural, a partir dos folhelhos". Além disso, citou por diversas vezes supostos riscos que seriam suportados pelo importantíssimo Aquífero Guarani. Em outro tópico: denuncia a Agência Nacional de Água - ANA - pela ausência de manifestação sobre os recursos hídricos afetados, bem como a inexistência de pareceres técnicos do Departamento de Águas e Energia Elétrica/DAEE e do IBAMA. O Ministério Público Federal conclui suas informações com a frase: "Todos têm direito ao meio ambiente, ecologicamente equilibrado"...  

NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia


domingo, 1 de outubro de 2017

Árvore símbolo do Centenário de Prudente, ganha Exposição com repercussão em toda a região !

Nascida em Cajuru/SP, Nilza Fumagalli vive em Pres.Prudente desde 1968.
O cenário da transformação.

No Parque do Povo, no ano do Centenário de Presidente Prudente uma das mais belas floradas dos Ipês Rosa em Tela.
As floradas prncipais - especialmente da variedade Rosa - se transformaram no símbolo do "Centenário de Prudente";
   Usando as cores e o sentimentalismo: definição dada pela Artista Plástica que começou como Autodidata: Questão de"Autoestima".

A Profª.Aposentada - que adotou as Artes Plásticas como sua mais nova
ocupação - realizou uma Exposição inédita e homenageou muita gente.
Ao todo, trinta (incluindo entidades e instituições públicas da cidade).
Barbosa da Silveira, entre os mais
antigos jornalistas homenageados.



A Professora Nilza, fez questão de incluir em sua lista de homenageados não só os mais antigos ou personalidades de
destaque atual, mas também os menos idosos. Como esta menina de 7 anos e a mais corajosa,com 11 anos de idade.
A sessão especial dedicada à premiação comemorativa ao "Centenário de
Pres.Prudente", reuniu uma seleta platéia no Centro Cultural Matarazzo.
Nós também fomos lembrados.
  Dois eventos diferenciados no mesmo local: A história dos Ipês e a  premiação daqueles que mais contribuíram para a arte cultural. Na cidade e região de Prudente.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
A história dos Ipês, mereceu destaque especial com uma maravilhosa
Exposição de Telas de autoria da Profª.Nilza Fumagalli, conforme se verifica
nesta imagem mostrada pela homenageada, Elaine Bertaco da VEM/PP.
Polícia Militar também foi lembrada.

                                                                 Entre os mais destacados para as homenagens, estão os Bombeiros.
   ----------------------------------------------------------------------------------------------------------
  Nesta cena, colhida durante as homenagens prestadas na Sala de Cinema do Centro Cultural Matarazzo, um destaque especial para a Polícia Militar - incluindo integrantes do Corpo de Bombeiros - e outras Instituições locais. Além de pessoas gradas, especialmente convidadas.
                                                             ------------------------
Ela está prestes a comemorar seus 50 anos de vivência e convivência em Presidente Prudente. É Professora Primária (aposentada há 27 anos) e se dedica às Artes Plásticas com um Ateliê instalado à Rua Vicente Bácaro, nº 375 (Vila Bôscoli), por onde passaram mais de 100 alunos. Nilza Fumagalli formou-se pela Escola "Galdino de Castro"/Cajuru-SP, em 1963. Dedicou-se ao Magistério a partir de 1964 após ser transferida para Tupi Paulista, e de lá, para Dracena, Alfredo Marcondes e Presidente Prudente, em 1968. Aqui, ela teve atuação como Professora das Escolas Estaduais "Maria Luíza Bastos" e "Krizan Martin" até se aposentar em 1990. Sobre sua vocação para as Artes Plásticas diz que começou como Autodidata". Teve algumas aulas de Educação Artística para aperfeiçoamento até se apresentar no SENAC de Presidente Prudente em busca de novos conhecimentos, que adquiriu com o apoio do Prof. Izildo. Posteriormente  participou de cursos especializados em São Paulo, Osvaldo Cruz, Uberlândia e Ribeirão Preto.

Nilza sempre gostou de pintar. Frequentou o MASP em São Paulo, onde recebeu importantes ensinamentos para aperfeiçoar sua arte, chegando mesmo a ser convidada a participar de trabalhos, juntamente com o ex-artista plástico uruguaio, Carlos Páez Vilaró e também em outras Galerias. Até agora, ela admite ter produzido cerca de 4 mil telas - algumas sob encomenda e destinadas a diversas cidades - incluindo São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará e outros Estados. A nível de interior de São Paulo revela ter sido convidada para participar de inúmeros eventos sociais, com destaque para as cidades de Ribeirão Preto, Uberaba, Presidente Epitácio e Presidente Prudente (Prudenshopping e Centro Cultural Matarazzo).

Quando decidiu produzir telas enfocando a florada dos Ipês, teve sua inspiração ao ver inúmeras fotos reproduzidas pelo nosso blog (Memórias de um Repórter do Interior"). Por isso, resolveu montar sua Exposição de telas onde se evidenciou a exuberância das árvores escolhidas como "Símbolo do Centenário" da cidade. Com essa inspiração, ela reproduziu o mais belo cenário dessa fase festiva da florada dos Ipês:Rosa, Amarelo e Branco. Telas de aspectos os mais diferentes foram mostrados ao público local  durante o mês de Setembro/2017.  Como retribuição, a Profª.Nilza Fumagalli decidiu prestar homenagens aos que mais contribuíram para o êxito dessa Exposição. Não faltando as Instituições Públicas: Policia Militar, Bombeiros, Tra-Noi, Vigilância Epidemiológica, Câmara Municipal, ETEC, Geriatra, Gari, Coletor de Lixo, Servidores da Secretaria Municipal de Cultural, Idosos, Jornalistas e meninas menos idosas ou mais corajosas.

NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia


domingo, 24 de setembro de 2017

Veículos antigos terão Exposição em comemoração ao Centenário de Prudente, no IBC !

Desde longa data, o Sr. Osvaldo Gava vem colecionando carros de 
todas as categorias que ele mesmo manda restaurar em sua Oficina 
Especializada. Com isso, ele conseguiu reunir cerca de 35 veículos.
Veículos antigos são restaurados.
Automóveis, jipes, camionetas, utilitários: todos os veículos que chegam a esta Oficina passam  por total restauração. É um trabalho de especialistas, que muitas vezes exige uma demanda de tempo de um a dois anos. Começa pelo setor de Funilaria e depois passa pela pintura, parte elétrica, tapeçaria, pneus e acabamento com peças e acessórios originais.
 
Na coleção de veículos do Sr. Osvaldo Gava, a unidade mais
     antiga está prestes a completar seus 90 anos de fabricação.
Da Oficina Especializada para a Grande Mostra do Centenário de 
Presidente Prudente, nos dias: 14 e 15 de Outubro/2015, no I.B.C.
Nas Ruas e Avenidas de Presidente Prudente, este FARGO 1942 é visto com frequência, inclusive nos Desfiles. Agora esta e outras unidades automobilísticas vão para a Exposição.

 No desfile comemorativo ao aniversário da cidade no dia 14 de Setembro de  2009, o Sr.Gava mostrou sua frota. (Detalhes em nosso blog de 19/10/2009).

Ao lado da esposa (Sra.Elenita), o Sr.Gava prestigiou o Desfile na Avenida
Washington Luís - seu principal "hobby" - desde o ano de 1993. Agora,
ele se prepara para a Exposição do Automóvel Clube em Pres.Prudente.
Jeep 1951 e Rural Willys, nas ruas. 

    Um carro que nunca envelhece: É o Mercedes-Benz totalmente restaurado ! 

  

Nas comemorações alusivas ao centenário de presidente prudente, os colecionadores de carros antigos (acima dos 30 anos), terão importante papel, ao participar da 11ª Exposição programada para o mês de outubro/2017 (dias: 14 e 15), nas dependências do IBC - Centro de Eventos, na cidade de Presidente Prudente/SP.   
--------------------------------------
Nas comemorações do Centenário de Presidente Prudente estão previstos inúmeros eventos. Dentre os quais, a 11ª.Exposição de Automóveis Antigos, a ser realizada no IBC - Centro de Eventos - nos dias: 14 e 15 de outubro. Os componentes do Automóvel Clube (Fábio Mello e José Gilberto Molina), nos informaram que a expectativa é muito grande, havendo possibilidade de reunir aqui, o maior número de colecionadores do Brasil. Essa hipótese é também admitida pelo Sr. Osvaldo Gava, um dos mais entusiastas da região, que reúne desde 1993 o maior número de veículos antigos e das mais diferentes categorias. No total, 35 Automóveis: começando por um utilitário - Pick-Up Ford 1928 - um caminhãozinho Chevrolet 1934, um Fargo 1942, um Ford 1946, um Jeep 1951/52 e outros, totalmente restaurados.  O Sr. Gava (73 anos), ex-bancário e atualmente empresário conserva o "hobby" de colecionador de veículos antigos, desde o ano de 1993. Os carros de sua propriedade se tornaram bastante conhecidos, pois são vistos com frequência - não só em exposições - mas também em desfiles e alguns eventos do ramo automobilístico, por representar o maior acervo existente na região de Presidente Prudente. 


Para a manutenção de seus veículos antigos, o Sr.  Osvaldo Gava mantém um departamento destinado  à manutenção e restauração que envolve equipe especializada. Porém, todo carro que passa por essa transformação fica imobilizado por mais de um ano, até ser entregue em perfeitas condições como se fosse novo. A maioria deles, sai rodando com total segurança que a legislação de trânsito requer. Por essa operação já passaram mais de 40 veículos de linhas diversificadas, como: automóveis, caminhões, camionetas, pick-ups, jipes, tratores, etc. Gasolina e diesel para abastecimento são os combustíveis exigidos e mais utilizados . Todos os veículos estão licenciados junto ao Detran.  Receberam placas de identificação, posteriormente inspecionadas e trocadas por placas padronizadas de cor preta, conforme exigência do Automóvel Clube de Presidente Prudente, instituição fundada no ano de 1966. 

Para a exposição de outubro/2017 já começam a chegar pedidos de inscrição; que aliás, podem ser feitas no próprio local momentos antes da abertura dessa mostra. O Presidente do Automóvel Clube,  Sr. Fabio Mello espera contar com representantes de todo o país.  Especialmente do interior de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro. O convite já foi feito e a recomendação é de receber apenas carros com mais de 30 anos de fabricação. Só em Presidente Prudente, o Sr.  Osvaldo Gava conta em seu acervo de antiguidades com mais de 35 veículos, dos quais, 15 estão preparados para a mostra de antiguidades. O Sr. José Gilberto Molina (ex-Presidente do Automóvel Clube), lembra que não haverá cobrança de ingressos. Porém, foi fixada uma doação de gêneros não perecíveis destinada ao Fundo Social de Solidariedade.  Visitantes: 2 kg de alimentos; Expositores: 5 kg, que devem ser entregues na portaria do IBC - Centro de Eventos - entre os dias 14 e 15 de outubro de 2017.


NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter:  www.twitter.com/altinocorreia