quarta-feira, 15 de março de 2017

Artista plástico prudentino reproduz nas telas as principais imagens da "Centenária" Pres.Prudente !

Implantado junto à SANBRA é o principal marco histórico da cidade de
Presidente Prudente, um cenário que deve ser  preservado por todos. 
Esta é a chaminé identificando o
desenvolvimento industrial de PP,
nestas imagens trazidas para a tela.

O Artista Plástico, José Aparecido de Oliveira revive na tela a história dos primeiros colonizadores da região. Em evidência, a figura do Coronel José Soares Marcondes e o inicio da cafeicultura no extremo-oeste paulista, como a primeira fonte de renda e trabalho no meio rural.

As telas dão destaque à Ecologia.
Nas comemorações dos 70 anos do término da II Guerra Mundial, o
Artista Plástico participou das homenagens aos ex-combatentes, pintando
"ao vivo"esta tela - símbolo da histórica epopéia - que envolveu o Brasil. 
Nascido no dia 12/10/65, Cido 
Oliveira iniciou sua carreira aos 12
anos,c/brilhante carreira nas artes.

 Ele é "Prudentino"de nascimento.
  Nas telas, uma mostra da cidade.
Cido Oliveira passou por várias Escolas (desde Prudente à Amazônia), São
Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Belo Horizonte e Curitiba
 Um Atelier aberto ao público no
 Centro Cultural Matarazzo, com
 participação direta em todos os eventos culturais e artísticos de PP
Presença no "Sarau Solidário" !

 Em sua terra natal (Presidente Prudente), Cido Oliveira - que começou sua carreira como publicitário - se realizou como Artista Plástico; e espera no decorrer dos anos, retribuir tudo que aprendeu em benefício dos outros interessados. Especialmente os jovens de hoje, que têm vocação.                                                 -------------------------------------------
 Quando a cidade de Presidente Prudente comemorou seu Cinquentenário em 1967, José Aparecido de Oliveira tinha apenas dois anos de idade. A festa comemorativa que contou com um grande desfile e inúmeros carros alegóricos ficou na memória de todos os habitantes da época, incluindo o prudentino que despertou para as artes plásticas (Cido Oliveira), que tem se revelado um dos maiores profissionais da área. Na ocasião, depois de frequentar as Escolas "João Franco de Godoy", "Florivaldo Leal" e "Prof.Krisan Martin", ele enveredou para a publicidade. Mudou-se com a família para Rondônia em 1985, onde se dedicou à atividade publicitária através da criação de Out-Doors e produção de cartazes de propaganda. Voltando para Presidente Prudente em 1987 passou a trabalhar com as Feiras de Eventos (por vários anos), percorrendo inúmeros Estados brasileiros. Até retornar definitivamente para sua cidade natal, onde decidiu se dedicar exclusivamente às artes plásticas, como Professor há oito anos.

No Centro Cultural Matarazzo, o Prof. Cido Oliveira centraliza seus trabalhos de arte, ministrando cursos de pintura que começaram com 76 alunos e no aprendizado, posteriormente, cerca de 1.500 participantes até hoje. Há os que frequentam o curso como terapia, enquanto outros - que são maioria - têm se revelado autênticos valores para as artes plásticas. Tanto o Professor como os alunos participam de quase todos os eventos realizados na cidade e região de Presidente Prudente. Trata-se de um trabalho social, que é desempenhado com muito critério e responsabilidade. Os cursos são ministrados às terças-feiras nos períodos da manhã, tarde e noite. Num intervalo dos cursos da manhã, Cido Oliveira nos informou que já produziu muitos cenários (Coreografia) destinados ao Teatro, Danças, Balé e outros, sempre direcionados por pinturas em telas. São obras bastante requisitadas pelos alunos que participam dos cursos no Centro Cultural Matarazzo.

É importante frisar que o significativo evento comemorativo ao Centenário de Presidente Prudente, a ser concentrado no dia 14 de Setembro, vem despertando a atenção de todos. Especialmente das autoridades constituídas, Escolas públicas e particulares, Universidades, Clubes sociais e de Serviços, Empresas prestadoras de serviços comerciais e industriais, Sindicatos, Imprensa, Rádio e Televisão. A festa inesquecível que marcou o Cinquentenário de Presidente Prudente em Setº de 1967, deve ser suplantada pela celebração deste ano que marca o Centenário de Fundação do município pelo Cel.Francisco de Paula Goulart (1917) e Cel. José Soares Marcondes (1919).

O Artista Plástico Cido Oliveira, não se esqueceu de incluir em suas telas o Centro Cultural Matarazzo; a Estação Ferroviária; o Matadouro Municipal que deu origem ao Museu Histórico; as Praças da Bandeira e 9 de Julho; a Capela e a 1ª Igreja Matriz (hoje Catedral de São Sebastião); a Santa Casa;  o Fórum da Comarca e o Marco Zero implantado pelo Instituto Geodésico, ao lado da Catedral. A "chaminé" que é o marco do desenvolvimento industrial de Presidente Prudente, também não poderia faltar. Daí, o nosso registro oficial no Blog "Memórias de um Repórter do Interior".

NOTÍCIA EM TEMPO REAL - Para se atualizar, acesse o Twitter: www.twitter.com/altinocorreia

Um comentário:

  1. Sr Altino Correia, me sinto maravilhado com seu profissionalismo, agradeço de coração pela excelente matéria publicada. Que Deus lhe conceda muitos anos de vida.
    Parabéns!!

    ResponderExcluir